sexta-feira, 29 de junho de 2012

A designer negra que desenhou o vestido de JAQUELINE KENNEDY



 Será que você sabe que uma Designer Africano americana desenhou uma vestido de casamento para a primeira-dama em 1953 ...

Outra jóia escondida na história Afro americana foi Ann Lowe uma mulher que fez História da Moda que muitas pessoas nunca sequer conheciam.

Ann LoweAnn Lowe (1898-1981)
Sra. Lowe nasceu em Clayton, Alabama, em 1898. Ela era filha e neta de costureiras, que eram conhecidos  por criar vestidos para as primeiras-damas de Alabama. Mãe Lowe faleceu quando ela tinha apenas 16 anos, forçando-a a terminar o trabalho inacabado de sua mãe para a esposa do governador. 
Lowe era matriculada na Escola Superior de Design Taylor em Nova York, onde ela foi ignorado e evitado por seus colegas brancos, que a obrigou a se concentrar exclusivamente em seu trabalho. Ela finalmente abriu seu próprio estúdio depois de se mudar para Tampa, Florida. Após seu retorno a Nova York, ela trabalhou para um designer bem conhecido em algumas das casas mais importantes na área da moda. A casa levou todo o crédito, e nunca lhe deu qualquer reconhecimento pelo trabalho que ela fez. Sem se abalar ela continuou indo em direção a seu sonho e logo ela se tornou uma top designer para as famílias da sociedade de prestígio, como o du  Ponts, Roosevelts e Vanderbilt, Rockefellers, e  projetou e fez o vestido que a  atriz Olivia de Haviland usava quando ela recebeu o Oscar por "To Each His Own". 
Todo seu trabalho duro e dedicação valeu a pena quando ela foi chamada para desenhar o vestido de noiva para Jacqueline Bouvier, em 1953, onde se casou com John F. Kennedy. Lowe também foi chamado para fazer vestidos de 10  damas de honra com  rosas e chapéus.  De Bouvier após o casamento  recebeu grande reconhecimento e como de costume nome da designer foi deixado de fora da maioria dos jornais. Nina Hyde, socialite, editora de moda do Washington Post na época, declarou: "... o vestido foi desenhado por uma negra, Ann Lowe." 
Apesar de sua saúde ter se  deteriorado ao longo dos anos e ela perdeu um olho com glaucoma  isso não a impediu de fazer o que ela amava, projetando vestidos. Em sua 70, Lowe abriu uma loja dentro da Saks Fifth Ave, em seguida, seu próprio salão, auto-intitulado Originals Anne Lowe, na Madison Ave, onde criou mais de 2.000 vestidos para a sociedade de Nova York. Lowe recebeu a placa de Couturier do Ano e apareceu no Diretório Nacional do Seguro Social e de 1968 Quem é Quem das mulheres americanas. 
Ms. Lowe morreu em 1981 com a  idade de 83. 
Lowe foi conhecida por seu trabalho e técnica de agulha detalhada.Suas modas podem ser vistas em uma coleção permanente no New York Metropolitan Museum of Art, Washington DC Museu da Moda Black, e do Smithsonian. Em 1997, o John F. Kennedy Library & Museum abriu o Centro de Conservação Têxtil do Museu Americano Textile History em Massachusetts para restaurar o vestido de Kennedy. 
Se o seu interesse em aprender mais sobre Anne Lowe e outros notáveis ​ de moda afro-americanos check out "Tópicos do Tempo, O tecido da história: Perfis dos africanos Costureiras americanos e Designers de 1850 ao Presente ", de Rosemary Reed Miller.

Jackie KennedyJackie Kennedy em seu vestido de casamento

Jackie KennedyJackie Kennedy

Vestido de Jackie Kennedy Wedding 1953Vestido de Jackie Kennedy do casamento em exibição

Atriz Olivia de Haviland Atriz Olivia de Haviland vestindo um vestido desenhado por Ann Lowe

"Ann Lowe era conhecida como o segredo mais bem guardado da sociedade ... Você teria pensado que sua roupa era alta-costura parisiense, mas ela cobrava muito menos para criar a mesma coisa. Eles todos foram para muitos bailes de debutantes e casamentos. " 
-Michael Henry Adams

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Estilista negro faz historia e ninguém conta! KARL KANI!

 Quem foi o primeiro estilista negro a lançar uma linha de Hip Hop?


Karl Kani foi o primeiro homem negro a lançar uma linha de Hip Hop da Moda e se tornou um dos  100 Africano-Americanos mais ricos do mundo, em 1996, segundo a revista People.

Karl Kani
Carl Williams carinhosamente Karl Kani é o fundador e CEO do Hip Hop marca de moda Karl Kani. Kani lançou  Hip Hop linha de roupas influenciado pelo estilo musical hip hop em 1989
 Ele criou as calças largas, que inspirou e levou os outros a seguir seus passos.Kani pavimentou o caminho para muitos designers negros ganhou o título como o "Padrinho do Moda Urbana".
Inovações estilísticas de Kani teveram êxito. Ele modificou as calças largas que se tornaram a base da moda de rua. De acordo com Kani nunca negros gostaram de jeans apertados. Eles sempre compraram um tamanho maior, mas  a cintura era muito grande, portanto Kani decidiu aumentar o tamanho da calça.
Kani foi o primeiro estilista a  misturar hip hop com a moda e criar um visual como nenhum outro. Ele avistou uma área no mercado que sempre foi ignorado.Ele entrou e abriu o caminho para outras marcas de moda Hip Hop. Sendo o primeiro Africano-Americano a lançar uma marca de moda Hip Hop, Karl inspirou muitos outros a seguir seus passos. Suas muitas realizações lhe valeu o título de "original".
Kani foi aclamado pela revista Black Enterprise nomeando sua Corporação como uma das  mais bem sucedidos as empresas estatais em todo o mundo em 1996. Em 2002 Kani foi homenageado com um "Pioneer Award da Moda Urbana" por suas realizações ao longo da vida durante os Urban Fashion Awards.
Karl Kani definiu o tom para a moda urbana ao longo dos anos 90, especialmente na indústria da música. Vestindo roupas Kani não era apenas um símbolo de sucesso, foi uma declaração de moda. Karl Kani se tornou uma marca bem conhecida no Hip Hop muitos conhecidos no R & B artistas como Tupac, Aaliyah, Baby, Heavy D, Kelly Clarkson, Lil 'Kim, N Sync, Nas, Dr. Dre, T Ice, P Diddy, G Kool Rap , amante Ed entre muitos outros têm usado roupas Karl Kani.
Ganhando prêmios como Empresa do Ano (revista Black Enterprise), o Prêmio Pioneer Urban Moda, sendo listados no topdas 50 pessoas mais influentes na moda (Sportswear International) e os 15 melhores marcas esportivas mais definitivas nos últimos 15 anos (Revista Vibe ) e apresentando sua coleção na Casa Branca, Kani atingiu metas além de seus sonhos.
Posso fazer isso ? ", permaneceu sem resposta. Ele insistia em perguntar a si mesmo: "Posso fazer isso? Posso construir um império da moda? Posso tornar-me o ' Ralph Lauren das ruas? "Karl não tinha a resposta para todas estas perguntas, mas ela forneceu a base para seu novo nome, Kani, uma variação sobre" Posso? ". Com um "K" elegante substituir o "C" em seu primeiro nome, ele arriscou sua própria resposta otimista, Karl Kani.

terça-feira, 19 de junho de 2012

RIHANNA E ARMANI JEANS



Rihanna para Armani ...

Rihanna é inigualavel. Adoro seu estilo, ele é único, nervoso, bruto e feroz. Eu amo como ela muda a sua aparência. Ela está sempre no ponto e eu amo o estilo dela. Seria tão legal passar um dia de compras com ela. Com certeza seria divertido.Confira a campanha publicitária recente, ela fez para Armani.


Cut Ri Ri de um Rockin Pixi

domingo, 17 de junho de 2012

PRIMEIRA MODELO NEGRA DE GUCCI


A primeira modelo negra  em uma Campanha Gucci



Nadine Willis
Nadine Willis tornou-se o mais novo rosto para a Gucci em 2003. O modelo jamaicano nascido pousou a nova campanha para a Gucci. Ela é a primeira mulher negra a ser sempre escolhido para liderar esta campanha. Logo depois ela fez campanhas para Kenneth Cole, Rimmel, Moschino, Jaguar, juntamente com outras marcas de moda high-end.

Nadine Willis

Para Nadine Gucci

Nadine

RIHANNA E OS PENTEADOS! ELA PODE!

Rihanna,uma das minha preferidas, tem um estilo próprio, e bote próprio nisso, de se vestir e usar o seu cabelo. Não é só no penteado, mas também nas cores que ele aparece. Eu acho que todos, inclusive os vermelhos, combinam com ela que esta muita na dela e nem ai com que se importa ou critica ela.

Essa foi na apresentação da Academy Country Awards em abril deste ano( 20120
Na capa da Vogue ela usou  e abusou do vermelho. Ela pode!
Vamos ver a metamorfose capilar da Diva


No inicio da inocencia



domingo, 3 de junho de 2012

O que toda mulher deve saber ou sabe e não liga e se da mal!


Conselhos para as mulheres de Ophan Winfrey:


Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe.

Se ele não te quer, nada pode faze-lo ficar.

Para de dar desculpas, de arranjar justificativas para um homem e seu comportamento.

Permita que sua intuição, ou espírito te proteja das mágoas.

Para de tentar se modificar para uma relação que não tem que acontecer.

Mais devagar é melhor. Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre o que realmente te faz feliz.

Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como você merecia, (..) vocês não podem “ser amigos”. Um amigo não destrataria outro amigo.

Não conserte.

Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele está mesmo. Não continue a relação porque você acha que “ela vai melhorar”. Você vai se chatear daqui um ano por continuar a relação quando as coisas ainda não estiverem melhores.

A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você mesma.

Evite homens que têm um monte de filhos, e tiveram muitas mulheres diferentes. Ele não ficou definitivamente com nenhuma delas, então, porque com voce seria diferente?

Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do dele.

Coloque limites no modo como um homem te trata. Se algo te irritar, faça um escândalo.

Nunca deixe um homem saber de tudo. Mais tarde ele usará isso contra você.

Você não pode mudar o comportamento de um homem. A mudança vem de dentro.

Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você, mesmo se ele tiver um maior grau de escolaridade ou um emprego melhor.

Não o torne um semi-deus. Ele é um homem, nada além ou aquém disso.

Nunca deixe um homem definir quem você é.

Nunca pegue o homem de alguém emprestado. Se ele traiu alguém com você, ele também te trairá com outra.

Um homem vai te tratar do jeito que você permitir que ele te trate.

Todos os homens NÃO são cachorros.

Você não deve ser a única a fazer tudo, compromisso é uma via de mão dupla.

Você precisa de tempo para se cuidar entre as relações. Não há nada mais precioso quanto viajar. Veja as suas questões antes de um novo relacionamento.

Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te completar. (os opostos se atraem? – Cada um tem que ser completo em si mesmo, tentar suprir sua própria deficiencia e não procurar no outro se completar) Uma relação consiste de dois indivíduos completos. Procure alguém que irá te complementar, não suplementar.

Namorar é bacana, mesmo se ele não for o esperado Sr. Correto. (ninguém é perfeito, mas tem uns que são imperfeitos demais – outros até se gabam de seus defeitos)

Faça-o sentir falta de você algumas vezes. Quando um homem sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para ele – ele se acha…

Nunca se mude para a casa da mãe dele. Nunca seja cúmplice (co-assine) de um homem.

Não se comprometa completamente com um homem que não te dá tudo o que você precisa. Mantenha-o em seu radar, mas conheça outros…

Compartilhe isso com outras mulheres e homens, de modo que eles saibam. Você fará alguém sorrir, outros repensarem sobre as escolhas, e outras mulheres se prepararem.

Dizem que se gasta um minuto para encontrar alguém especial, uma hora para apreciar esse alguém, um dia para amá-lo e uma vida inteira para esquecê-lo.

“O medo de ficar sozinha faz com que várias mulheres permaneçam em relações que são abusivas e lesivas” – Dr. Phill

Você deve saber que você é a melhor coisa que pode acontecer para alguém e se um homem te destrata, é ele que vai perder uma coisa boa. ( Não tenha dúvida!!!)

Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único. Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções. Faça a escolha certa.