domingo, 27 de fevereiro de 2011

O Cinema e a moda



Retrô Blog LP 2010: o cinema encontra a moda

Não é de hoje que moda e cinema trocam figurinhas, mas talvez esse seja o momento com a maior junção efetiva desses 2 mundos. Se a moda vive um pouco no cinema, em 2010 o cinema também migrou pra moda. Inclua aí diretores, atores e tecnologia, que passaram dastelonas pras telinhas das TVs, computadores e iPads.
Basta lembrar da saga da Dior e sua bolsa, a Lady Dior, que começou em 2009 e ganhou força em 2010, protagonizada por Marion Cotillarde dirigida por diretores renomados como David LynchJohn Cameron Mitchell e Jonas Ackerlund. Marion virou musa e estampou a capa de revistas, como as “Vogues” Paris e América. As campanhas em vídeose popularizaram e agora até os editoriais ganharam versão em movimento, pegando emprestado as tecnologias do cinema. NaChanelKarl Lagerfeld assumiu o posto de diretor dos curta-metragens que apresentaram as pré-coleções da maison, com “Remember Now” e “Shopping Fever“. A Missoni chamou Kenneth Anger pro seu outono-inverno-2010/11 e a Dolce & Gabbana até arriscou assinar como Dolce & Gabbana Motion Pictures o curta comMonica Bellucci que anunciou sua parceria com uma empresa de bebidas.
Reprodução
"Black Swan" nem bem estreou lá fora e já é um dos filmes mais comentados de 2010
1 / 21
LOOKBOOK
Foi nesse ano o lançamento no Brasil do esperado “Direito de Amar“, de Tom Ford, que arrancou suspiros dos fashionistas e também chegou por aqui o longa “Coco Chanel & Igor Stravinsky“. YSLganhou filme, onde quem fala é seu companheiro de vida e negócios,Pierre Bergé, em “O Louco Amor de Yves Saint Laurent“. A Gucci, que já circula há tempos pelo mundo cinematográfico, fez parceria com a The Film Foundation, de Martin Scorsese, e restaurou “Wanda, filme cult dos anos 60, da diretora Barbara Loden. E foi lançada aseqüência de Sex And The City, duramente criticada, mas recheada de marcas como ChanelOscar de la Renta e Halston, da qual Sarah Jessica Parker faz parte do time.
Pra completar, as modelos resolveram investir na atuação e viver não só de papéis em editoriais. Elas viraram atrizesLiya Kebede estrelou o drama verídico “Flor do Deserto, a bombshell Rosie Huntington-Whiteley descolou um papel em “Transformers 3” (que sai em 2011),Lily Cole foi elogiada em “O Mundo Imaginário do Dr Parnassus“, lançado aqui em maio, e Natalia Vodianova emplacou papel de protagonista em “Belle du Seigneur (com lançamento previsto pra 2012), onde vai viver um romance com Jonathan Rys Meyers – isso depois de fazer uma ponta em “Fúria de Titãs junto da também modelo Agyness Deyn.
Mas também rolou caminho inverso, com as queridinhas do cinema invadindo filas A de desfiles nas semanas de moda e, de quebra, posando pra campanhas e criando linhas de roupas. Emma Watson foi de amiga de Harry Potter a garota-propaganda na virada de 2009 pra 2010 e terminou esse ano colaborando pra uma linha eco. Enquanto isso, a Burberry, que já contratou a atriz pra uma campanha,anunciou interesse no vampiro Robert Pattinson, que levou mais uma vez a legião de fãs à loucura com o novo filme “Eclipse” – continuação da saga “Crepúsculo“, que apresentou o galã a sua atual namorada,Kristen Stewart. Kristen, por sua vez, viveu Joan Jett em “The Runaways – Garotas do Rock” , ao lado de outra queridinha da moda: Dakota Fanning.
Além dessa troca de equipes dos sets de fotos pra sets de cinema, e vice versa, tecnologia 3D que encontrou sua glória em “Avatar” (2009) migrou pras páginas das revistas de moda e até pra campanhas, como as da ArmaniEllus e Ausländer. A Burberry foi mais longe e transmitiu seu desfile de outono-inverno 2010/11 em 3 dimensões! No cinema a febre da vez foi “Alice no País das Maravilhas“, dirigido por Tim Burton, com direito a boom de produtos lançados na carona do filme.
Blog LP já está de olho em 2011: é no ano que vem que “Um Lugar Qualquer“, de Sofia Coppola, chega em solo tupi, com a diva fashionista da vez, Elle Fanning. Ela é irmã de Dakota – que é queridinha de Marc Jacobs – e virou ícone no tapete vermelho deCannes, onde o filme levou o maior prêmio do festival. Outro projeto que promete é “Black Swan“, longa de Daren Aronofsky – o figurino da cena do balé “O Lago dos Cisnes” é assinado pela Rodarte – que já soma ótimas críticas e deve chegar em fevereiro ao circuito nacional.Madonna também pretende lançar seu novo trabalho como diretora, com “W.E” e nós já te demos 3 motivos pra ficar curioso a respeito do filme.
E o cinema nacional também terá novidades. Divulgado no início de 2010, “Rio, eu te amo” chega em 2011 nas salas de cinema, com relatos apaixonados sobre a Cidade Maravilhosa, que também foi protagonista em A Suprema Felicidade“, que marcou a volta deArnaldo Jabor, e no filme brasileiro de mais sucesso em 2010: “Tropa de Elite 2” – afinal, o comando é do capitão Nascimento!
----
http://EduardoCruz.com

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Curso de Customização na Supernova Produtora de Moda

Legal,legal mesmo. Vale a pena fazer o curso de customização de abadas que alem de tudo é uma terapia contra estresse. Ficamos uma manhã inteira com Siomara Caicó e Roberta Deda, que por sinal foram alunas de Mauricio Portela,( bom para elas ) da Produtora Supernova de Producão e Design de moda. Elas produziram o desfile de moda de Carol Barreto renomada estilista baiana entre outras façanhas.
Além do curso e orientações que recebemos as meninas são super poderosas em informações e dicas sobre moda e estilo para Carnaval. Quem não foi não perca tempo. O Carnaval esta em cima mas ainda da tempo.






Supernova ~ Produção e Design de Moda *
71 8813-5879 ~ 9932-3075
Siomara Caicó ~ Roberta Déda
http://produtorasupernova.blogspot.com/

Reportagem sobre moda nunca sai de moda







Correio da Bahia destaca curso de Design de Moda

03-03-2008
 
Confira a matéria do dia 02 de março, domingo, no Correio da Bahia, Caderno Bazar, sobre os cursos de moda. A nossa faculadade recebeu destaque! 
link: http://www.correiodabahia.com.br/bazar/noticia.asp?codigo=148614
Instituições de ensino na Bahia oferecem cursos em vários níveis
   

por Gabriela CruzQuem entende de moda sabe que o assunto rende muito pano para manga. Afinal, dá para ter discussões acaloradas sobre estilo, mercado, tendência, etc. Tão multifacetados quanto o tema são os perfis dos cursos oferecidos em Salvador na área. Existem opções para criadores, teóricos e comerciantes, nos níveis médio, de graduação e pós-graduação. Confira:

Cursos livres

Pioneiro no ensino da moda, o Senac oferece em sua unidade no Aquidabã quatro opções de cursos livres, sendo três de curta e um de média duração. Este último, de estilismo, é o grande chamariz, formador de nomes de destaque na cena local, como Tarcísio Almeida, que no fim do mês vai mostrar seu trabalho no Dragão Fashion, um dos principais eventos de moda do país, realizado no Ceará. 

Lançado há oito anos, o curso com enfoque na criação foi reformulado no ano passado e passou a oferecer disciplinas na área de gestão. “Acrescentamos marketing e empreendedorismo na grade quando percebemos que muitos alunos abriam um negócio após se formarem, mas tinham carência dessas informações mercadológicas”, explica a supervisora pedagógica do Senac, Ana Rita Marques de Andrade. A próxima turma começa em 8 de abril e vai até 26 de setembro. A seleção para as 30 vagas oferecidas será em 15 de março. Podem participar maiores de 18 anos com ensino médio. Não é preciso ter conhecimento na área.

Além de estilismo, o Senac Aquidabã está com inscrições abertas para os cursos de planejamento e desenvolvimento de coleção de moda e consultoria de Imagem, ambos com duração de 20 horas e início das aulas marcado para abril. O curso de desenho estilizado de moda, que completa o quadro, não tem turmas no momento. 

A Unifacs também disponibiliza cursos rápidos com duração de oito a 12 horas. “São opções com a chancela da instituição para pessoas interessadas em moda e que também complementam o aprendizado dos alunos do curso superior”, explica a coordenadora Virgínia Saback.

Graduação plena

Criado em 2004, o curso de design de moda da Faculdade da Cidade tem duração de quatro anos, com oferta de duas turmas (matutino e noturno) por semestre. De acordo com o coordenador do curso, Eudaldo Francisco, é o único no estado a formar designers de moda com bacharelado. “A duração maior reflete na formação de profissionais com conhecimento geral sobre todas as partes do processo de confecção da moda”, explica.

Cursos tecnológicos

Ao contrário dos cursos de graduação plena, que abrangem aspectos diversos, o formato tecnológico tem foco nas disciplinas práticas, por isso têm duração menor, de dois anos. Voltado para as necessidades do mercado, tem no corpo docente profissionais atuantes no segmento. Mesmo não sendo uma graduação plena, permite aos seus alunos cursarem pós-graduações após sua conclusão. 

Três instituições de ensino oferecem cursos tecnológicos na Bahia. O mais antigo é o de design e gestão de moda, criado há oito anos pela Unifacs, inicialmente com o perfil seqüencial. Por ele passou a estilista Luciana Galeão, um dos principais nomes da moda baiana da nova geração. “O curso surgiu para atender a uma demanda mercadológica de profissões emergentes”, conta Virgínia Saback. A grade curricular tem três eixos: pesquisa, gestão e disciplinas práticas.

Com a primeira turma iniciando suas aulas no segundo semestre, a graduação profissional em design em moda oferecida pelo Centro Universitário FIB tem como diferencial a ênfase na área de comunicação, inclusive com a inclusão de disciplinas de fotografia e vídeo. “Aqui a moda é pensada como forma de expressão e arte, com ênfase na prática porque acreditamos que para criar é preciso vivência”, define a coordenadora do curso, 
Clarice Dantas. 

Diferente das outras opções citadas, o curso de design de moda oferecido pela Faculdades Jorge Amado permite seu desmembramento. São quatro semestres (produtor de acessórios de moda, operador de processos têxteis, designer de coleção de moda e gestor do produto de moda) que podem ser cursados separadamente, ao final de cada um o aluno recebe um certificado. Neste formato, ele é aberto à comunidade, como um curso de extensão, mas com limite de dois semestres. Se o objetivo for o certificado de graduação é preciso ser aprovado no vestibular e cursar todos os semestres.

Especialização

Quem já concluiu uma faculdade e quer se especializar em moda tem duas opções em Salvador: a pós-graduação em gestão em desenvolvimento de produto de moda, oferecida pelo Senac, e iniciada em setembro do ano passado, e o curso moda, arte e contemporaneidade da Unifacs, que começa no segundo semestre, ambos com duração de um ano e meio. 

O primeiro prepara o aluno para gerir o negócio de moda. “Nosso objetivo é desenvolver um especialista que vai ter um pensamento vasto sobre os processos de gestão de moda e saberá se posicionar de forma estratégica”, explica a coordenadora Cátia Lucena. Com aulas quinzenais às quintas e sextas à noite e aos sábados durante o dia, o curso oferece disciplinas isoladas. A próxima será tecnologia têxtil, em meados de abril.

A pós-graduação em moda, arte e contemporaneidade é a nova paixão de Virgínia Saback. Ideal para quem quer entender e discutir a moda de uma forma abrangente, a especialização proposta pela Unifacs terá início no segundo semestre. “Nossa proposta é analisar e contextualizar os valores e performance dos indivíduos no mundo contemporâneo. Ele é destinado a jornalistas, psicólogos, historiadores e quem mais queira entender esse universo”.

***
Serviço

Faculdade da Cidade: 3254-6000
Faculdades Jorge Amado: 3206-8166
Unifacs: 3206-6745
Senac (técnicos): 3254-3959
Senac (pós): 3273-9780/3273-9776 
Fib - Centro Universitário da Bahia: 2107-8252